(Criou página com 'Na mitologia nórdica, '''Týr''' ou '''Ziu''' ou ainda "Tyrr" é o deus Æsir do combate, do céu, da luz, dos juramentos e, por isso, patrono da justiça, precursor d...')
Etiqueta: Edição visual
 
Etiqueta: Edição visual
 
Linha 1: Linha 1:
  +
[[File:Tyr.jpg|thumb|228x228px]]
 
Na mitologia nórdica, '''Týr''' ou '''Ziu''' ou ainda "Tyrr" é o deus Æsir do combate, do céu, da luz, dos juramentos e, por isso, patrono da justiça, precursor de Odin. Ao tempo dos viquingues, Týr abriu caminho para Odin, que se tornou o deus da Guerra; filho do gigante do mar do inverno Hymir, passou a ser considerado filho de Odin, devido a sua coragem e heroísmo em batalha, representado por um homem sem a mão direita.
 
Na mitologia nórdica, '''Týr''' ou '''Ziu''' ou ainda "Tyrr" é o deus Æsir do combate, do céu, da luz, dos juramentos e, por isso, patrono da justiça, precursor de Odin. Ao tempo dos viquingues, Týr abriu caminho para Odin, que se tornou o deus da Guerra; filho do gigante do mar do inverno Hymir, passou a ser considerado filho de Odin, devido a sua coragem e heroísmo em batalha, representado por um homem sem a mão direita.
   

Edição atual tal como às 13h51min de 26 de janeiro de 2019

Tyr.jpg

Na mitologia nórdica, Týr ou Ziu ou ainda "Tyrr" é o deus Æsir do combate, do céu, da luz, dos juramentos e, por isso, patrono da justiça, precursor de Odin. Ao tempo dos viquingues, Týr abriu caminho para Odin, que se tornou o deus da Guerra; filho do gigante do mar do inverno Hymir, passou a ser considerado filho de Odin, devido a sua coragem e heroísmo em batalha, representado por um homem sem a mão direita.

Ele perdeu a mão direita ao colocá-la na boca do deus-lobo Fenrir, que era a única forma de fazer o lobo ser preso nas cordas.

Seu símbolo é a lança, na mitologia nórdica tanto uma arma como um símbolo de justiça. É também identificado com a runa Tîwaz.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.